E-commerce: 7 estratégias para aumentar as vendas utilizando Facebook e Pinterest

Josefina Casas

Poder se sobressair e captar clientes, são os grandes desafios deste mercado que não para de crescer e que conta com milhares de outros e-commerces que competem pelo mesmo público.

Neste post, lhe mostraremos as últimas tendências e estratégias para aumentar a visibilidade do seu negócio, o tamanho de sua comunidade online e consequentemente, aumentar as vendas.

1. Incrementar o tráfego: postar pelo menos 3 vezes por dia no Facebook para aumentar as vendas

É indispensável que seu e-commerce tenha presença continuamente nas redes sociais, já que é fundamental gerar e conservar o posicionamento de sua marca para sobreviver no mundo online. Ou seja: cliente que não vê, não compra.

Entendemos que a maioria dos empreendedores que abriram sua loja online não são experts em geração de conteúdo, por isso te oferecemos 3 dicas para que possa aplicar este primeiro ponto sem problemas e levar a diante o seu negócio:

 

 Publique diariamente conteúdo valioso para seus seguidores

Sejam promoções, notícias, imagens, frases, dados ou simplesmente informação, o fundamental é que deve chamar atenção, mobilizar ou inspirar seus seguidores. Isto significa que será necessário o contato com seu público para conhecer suas preferências e estilo de vida, já que publicar o conteúdo correto aumentará a possibilidade de compartilhamento do seu post, que será visto por mais pessoas, impactando diretamente na visibilidade de seu site, na quantidade de seguidores e potenciais compradores.

Sugerimos um site do qual vai poder obter idéias ou conteúdos já prontos para aplicar em suas comunidades:

 

upworthy-logo

Este site oferece conteúdo direcionado às emoções e convicções, dos aspectos que mais mobilizam e geram participação nas redes sociais. Foi qualificado e reconhecido como um dos melhores sites para este propósito, recebendo mais de 10,4 milhões de visitas. Algo bom deve ter… Não?

 

 Conheça e analise o que seus concorrentes estão fazendo

Não deixe de investigar e checar o que eles publicam, o que funciona ou nao para que você também aplique a seu negócio. Analise quantos posts publicam por dia, quais são os temas que mobilizam sua audiência, quantas e de que tipo são as ofertas que publicam e em qual horário tem maior quantidade de interações.

 

Escolha o melhor horário para postar

Anteriormente, concluimos que é importante o conteúdo, mas é mais importante garantir que seja visto.

Mostraremos a seguir, quais são os horários e dias ideais para postar em cada rede social. Entretanto, recomendamos que realize sua própria sondagem, já que segundo a tipologia do negócio e estilo de vida de seus seguidores, podem gerar interações fora da janela horária sugerida.
Segundo uma investigação realizada por Dan Zarella (Científico de Social Media Hubspot), os tempos e dias que funcionam são os seguintes:

 

FACEBOOK:
  • 12AM: O almoço é o melhor horário para compartilhar coisas.
  • 11AM-4PM: é a janela horária indicada para postar uma notícia ou história em destaque.
  • Sábados: Melhor dia para compartilhar coisas e obter comentários.
  • 7PM: Melhor taxa de participação após a jornada de trabalho.

 

TWITTER:
  • 5pm: Melhor horário para postar, por ser horário de pico de retweets.
  • 12PM e 6PM: Almoço e fim da jornada de trabalho, registram altas porcentagens de CTR.
  • Q – S – D: Quarta-feira e finais de semana são os dias que registram maior volume de participação e porcentagens de CTR.

 

Nota: O estudo mencionado anteriormente recomenda postar passando um dia no Facebook. Como especialistas em administração e publicação de posts, não concordamos com apenas um ponto citado anteriormente: postar a cada dois dias NÃO é o que nós recomendamos.

Segundo os resultados que obtivemos a partir de análises de milhares de contas, chegamos a conclusão que é necessário postar várias vezes ao dia: entre 3 e 10. Quanto mais vezes por dia publicar conteúdos, conseguimos maior quantidade de pessoas falando de nossa marca, já que o acumulo de curtidas, produto do que reúne cada post, é maior do que se obtém publicando só passando um dia.

Te convidamos a avaliar diferentes exemplos, tire suas próprias conclusões:

 

ShopSimple – Wedding
Blue Nile
Amazon
Claro Argentina
Williams-Sonoma

 

Postcron é uma excelente alternativa para que não passe horas e horas atrás de sua conta para realizar as atualizações (devo esclarecer que escrevo para Postcron, mas você também pode checar o Hootsuite, um de seus competidores). Com este tipo de ferramenta, pode programar posts no Facebook e Twitter, economizando muito tempo e mantendo constante presença nas redes sociais.

 

2. Usar imagens para postar no Facebook

Não há nenhuma dúvida de que somos e seremos uma geração “visual”. As pessoas consomem mais imagens, não só por ser tendência, mas porque está cientificamente comprovado que 90% da informação transmitida ao cérebro é visual e que se processa 60.000 vezes mais rápido que um texto.

Sem ir mais longe para dar um simples exemplo, hoje os telefones e suas aplicações estão orientadas e funcionando de maneira que torna tudo visualmente amigável e fácil de assimilar, inclusive há vários anos que a arquitetura dos sites mudaram e agora os espaços maiores estão reservados para as imagens.

Resultado: Esta tendência alcançou as redes sociais e a forma de fazer marketing através delas.

Um estudo realizado pela Hubspot indica que:

  • 50% a mais de curtidas se obtém a partir de uma foto em um post comum no Facebook.
  •  104% a mais de clicks recebem os posts que incluem uma imagem.
  •  84%  a mais de clicks recebem os posts que incluem uma imagem acompanhada de um link que amplie o conteúdo, para aqueles que mostram um link e um grande texto.

 

obama-e-sua-esposa

4.4 milhões de curtidas no Facebook.
Esta imagem foi a mais viralizada de 2012, convertendo-se na foto mais retwitada até o momento.

 

 

Concluimos então, que junto a uma boa foto ou imagem, deve acompanhar um link relevante que direcione tráfego a seu site, a um blog ou notícia que você queira que seus seguidores leiam. Isto vai lhe devolver muito mais curtidas, leitores e consequentemente, compradores.

De qualquer forma, não é bom abusar do recurso, por isso sugere-se intercalar com postagens que incluam perguntas, notícias e frases.

Mais estatísticas? Não deixe de clicar aqui para mais informações.

 

3. Colocar botões das redes sociais nas quais está presente

botoes-redes-sociais

 

Desta maneira, seus seguidores são incentivados a compartilhar seus posts, aumentando as chances de ser visto por outras pessoas e de ganhar mais “curtidas”.
Pode colocar botões em seu site, blog, nas newsletters que envia, na assinatura de seu email e nos artigos específicos de seu blog, se assim considera-los.

 

4. Incluir um “Call To Action” em cada post

Além das dicas que te passamos junto com a estratégia número um, consideramos fazer uma pequena seção para este ponto que está relacionado com a ação de postar.

Depois de analisar e observar várias marcas, podemos concluir que as postagens que incentivam os usuários a participar de um sorteio, aproveitar uma promoção, deixar uma opinião, contar uma história ou simplesmente responder uma pergunta, recebem muito mais participação do que as outras.

Talvez, com tanta informação sobre como postar, que estratégias ou técnicas usar, acabamos por esquecer que o mais simples é a solução: se quer que deixem comentários, solicite-o. Se quer um “curtir” a um comentário, então faça seus fãs saberem que você deseja saber suas opiniões e se apoiam ou não o que compartilha. Não é o mesmo que dizer:

(Incorreto)

“Mais uma vez não pude ligar o carro. Outro dia que chego atrasado ao trabalho”, e uma foto.

(Correto)

Mais uma vez não pude ligar o carro. Outro dia que chego atrasado ao trabalho. Clique em curtir se aconteceu o mesmo com você“, com uma foto e um link de um produto que tenha relação ao que está contando.

 

E se quer vender com seu e-commerce, incentive a seus clientes com um bom “call to action” e coloque um link para o seu produto no post, para que possam comprar. Sim senhor, as redes sociais servem para vender! Mas lembre-se, adicione um “Call to action” e um link em cada post.

Em um exemplo muito simples e básico, te mostramos uma forma de chamar a atenção de seus fãs, obter comentários e vender mais!

TUCCI-Y-PET-SHOP-JUNTOS

PAMPERS-BUENO-Y-MALO-JUNTOS

 

5. O poder do “Word of Mouth Marketing (O boca a boca)

Nos últimos tempos, as redes sociais se converteram em válidas plataformas que os clientes utilizam para checar reviews de produtos antes de tomar a decisão de compra, inclusive muito mais do que o preço ou as promoções.

Incorporar uma aplicação que permita a seus seguidores deixar seus comentários e pontuar a experiência de compra, funciona como um fator sumamente poderoso para consolidar a credibilidade e confiança de seus clientes. Somar este serviço devolverá mais tráfego a sua online store, mais visibilidade, e inelutavelmente muito mais vendas.

Te mostramos as estatísticas obtidas por: “Nielsen Global Trust in advertising survey 2012

  •  92% dos consumidores ao redor do mundo confiam mais nas recomendações de amigos e familiares do que em qualquer outra forma de publicidade.
  •  70% dos entrevistados confiam nos comentários e reviews que lêem nas redes sociais.
  •  58% das pessoas acreditam que são válidos os anúncios contidos no site da marca.

Para realizar esta estratégia, lhe deixamos a apresentação de uma das “free social review app”, com maior pontuação e a mais usada do mundo: YOTPO.

O melhor desta aplicação é que além de ser grátis, é muito fácil de usar e permite compartilhar os feedbacks dos clientes em sua conta do Twitter ou Facebook. YOTPO comprovou que a taxa de conversão pode passar de 14% a 76% em alguns casos.

Compartilho com vocês o que Jaboc Hurwith analisa a respeito do BeB:

“O Marketing de boca a boca (Word of Mouth Marketing), é mais poderoso do que nunca. A quantidade e formas de compartilhar nas redes sociais, consumir e descobrir informação e marcas mudaram significativamente de maneira drástica nos últimos tempos, mas os consumidores sempre confiaram mais nas recomendações e conselhos dos amigos e parceiros do que nas publicidades das marcas, por isso estas precisam aproveitar o poder dos adeptos e defensores de sua marca para que falem a favor da mesma (…)” (Marketing and Social Media Coordinator, WOMMA)

 

6. Usar o Pinterest

Com 48.7 milhões de usuários, se posicionou como a socialnetwork de mais rápido crescimento, já que as marcas podem mostrar seus produtos a uma grande comunidade de compradores ansiosos que esperam encontrar o produto perfeito.

A Argentina é o terceiro país na américa latina com maior quantidade de pessoas que utilizam ativamente esta plataforma, portanto te aconselho que aproveite este novo dado.
Por que usa-lo?

 O que postar hoje, serve e atrai também em seis meses. Quer dizer que o conteúdo é “reutilizável”. Nas redes sociais, o grande foco está no conteúdo novo e atualizado. O que foi notícia ou novidade, foi. No Pinterest também ocorre isto, com a diferença que também admite fazer “repin” (repinar) de uma foto de um produto de um tempo atrás e que obtenha a mesma quantidade de atenção hoje. Ex: Uma cadeira fantástica que por “X” razão passou desapercebida em um momento, depois de 3 meses, ao repinar, pode ser que chame a atenção e alguém a compre.

 Na página da sua conta, você pode organizar o que vende em famílias de produtos ou conjuntos segundo sua preferência, utilizando distintos quadros para que seus seguidores entendam sua marca da maneira que você quer que a vejam. Te passamos como exemplo este link da conta de um e-commerce que teve êxito, para que tenha uma idéia acabada do que citamos anteriormente.

Crate and Barrel

Quadros-pinterest

 

  •  Compartilhar coisas de outras marcas: isto demonstra segurança e que pode apreciar o que outras pessoas também “repinam”.
  •  Permite mostrar a personalidade e gostos como usuário ou como marca. Quer dizer que, criando um quadro baseado em interesses pessoais, indica sua forma de ser e descontrai a relação com seus seguidores, que por sua vez poderão conhecer e entender mais sobre você.

 

 

7. Executar uma campanha de perguntas e respostas

P-E-G-FOTO-295x300

Gerar participação nas redes sociais é crítico para manter seus seguidores ativos e suas comunidade em boas condições. Além de programar postagens no Facebook, te apresentamos outra opção para assegurar um incremento de participação: organizar semanalmente um dia no Twitter ou Facebook de perguntas e respostas (P&R).

A ideia é eleger um dia da semana e estimular a sua comunidade a postar perguntas referentes a seus produtos, seu negócio, seu hobbie ou do que se ajuste às circunstâncias.

Por exemplo: “Já usou a nova aplicação XXXX? Se tem alguma dúvida, nesta quarta-feira nos preparamos para responder todas as suas perguntas em nossa conta do Twitter.”

Com esta estratégia, não só se gera uma ação de atendimento ao cliente e fidelização do seu público, mas também produz mais tráfego, mais participação e consequentemente, mais visibilidade da sua marca. As perguntas estimulam os comentários e os comentários incrementam o EdgeRank de sua página. Seus clientes não só estarão satisfeitos por suas perguntas serem respondidas, mas também porque há alguém que os escuta.

 

Exemplos de E-commerce que tiveram êxito

Para finalizar, recomendamos que revisem estes sites, de quais redes sociais participam e que estratégias usam em cada comunidade. A maioria destas lojas online aproveitam cada recurso que anteriormente citamos e executam cada uma das estratégias.

 

Blue Nile

American Eagle Outfitters

Amazon

Sears

Victoria´s Secret

Williams Sonoma

Wal Greens

 

Não deixe de estudar estas estratégias e aplica-las em seu e-commerce. Não esqueça que cada um dos pontos anteriores (como programar posts no Twitter e Facebook), são aspectos que neste momento são tendências  e, até agora, funcionam perfeitamente para as grandes marcas.

E lembre-se:

  •  Poste diariamente, pelo menos 3 vezes por dia: conteúdo interessante para seguidores, promoções, frases, concursos, etc.

 

 

  • Se quer vender um artigo, inclua um bom “call to action”, uma boa foto e um link para o seu produto em cada post!